Professora da Rede de Ensino do Recife ganha Prêmio Educador Nota 10

imagem de Paulo H
O trabalho dela concorreu com quase 4 mil profissionais do Brasil inteiro e é o único da Educação Infantil. Foto: Andréa Rego Barros - PCR

A professora da Rede Municipal de Ensino do Recife, Mirtes Ramos dos Santos Melo, é uma das vencedoras do Prêmio Educador Nota 10 – edição 2020. O Prêmio é o maior e mais importante do país na área educacional, que reconhece e valoriza professores de Educação Infantil ao Ensino Médio, coordenadores e gestores de escolas públicas e privadas. Ela concorreu com o Projeto Aprendizagens das Crianças: maravilhamento e experiências, que trabalhou com crianças de 2 e 3 anos da Creche Municipal João Eugênio (no bairro da Iputinga).

O trabalho de Mirtes concorreu com quase 4 mil docentes de todo o Brasil. Dos dez ganhadores, apenas o trabalho do Recife é sobre Educação Infantil, cinco são voltados ao Ensino Fundamental, três do Ensino Médio e um de Gestão.

De acordo com a educadora, ela buscou realizar um trabalho onde os estudantes de 2 e 3 anos fossem protagonistas das atividades por meio de interações com os colegas de turma e os adultos. "Fiz várias instalações construídas com objetos simples e ao longo de um ano, também fiz experiências com rolos de papel, panelas, lençóis, as flores do jambeiro da escola, frutas, caixas e água. Uma caixa grande, por exemplo, pode ser explorada pela criança em movimentos de entrada e saída. A observação  dela se cabe ou não  dentro da caixa e, assim o estudante começa vivenciar conceitos de medida, conceitos de dentro, fora, textura, lateralidade", esclarece.

Segundo a educadora, as crianças têm uma curiosidade muito grande na primeira infância e dar liberdade a elas para criar e brincar é fundamental para o bom desenvolvimento. “E o mais importante é que o aluno crie e realize sendo feliz. A gente precisa organizar espaços que dê autonomia a eles para explorarem o mundo.”

O trabalho de Mirtes Ramos é inspirado no do pedagogo italiano Loris Malaguzzi, que após a segunda guerra mundial, foi o criador da ideia de Reggio Emília. Foi este educador quem constituiu um princípio de ensino em que não existem as disciplinas formais e que todas as atividades pedagógicas se desenvolvem por meio de projetos, que surgem através de sugestões dos próprios alunos, sendo desenvolvidos em diferentes linguagens.

O educador italiano sistematizou assim a Pedagogia da Escuta. A abordagem de Reggio Emilia se vincula a tudo o que a linguagem visual pode apresentar. A capacidade criadora da Reggio Emilia já foi avaliada pela Revista norte-americana Newsweek como a melhor do mundo. Serviu como fonte de inspiração ou apoio para a Educação Infantil de países como Suécia, Dinamarca, Nova Zelândia, Espanha e Estados Unidos.

Educador Nota 10 

O Prêmio  Educador Nota 10 foi criado em 1998 pela Fundação Victor Civita e desde 2014, realiza a premiação em parceria com Abril, Globo e Fundação Roberto Marinho. Tem o patrocínio da Fundação Lemann, SOMOS Educação e BDO e conta com o apoio da Nova Escola e Unicef.

 Perfil de Mirtes Ramos dos Santos Melo

São 38 anos dedicados a vida escolar e 15 deles na Rede do Recife (que serão completados agora em julho). E ainda assim ela tem encanto por ensinar, como se estivesse no primeiro dia de aula. Quando ainda aluna do magistério aos 14 anos, assumiu uma sala de aula do jardim de infância, pela primeira vez. Este é o sentimento que Mirtes Ramos, professora da Creche Municipal João Eugênio, na Iputinga, passa quando conversa com qualquer pessoa, um amor genuíno pela profissão.

Um amor que foi ensinado ainda criança pelos pais. “Lembro muito bem do meu pai que sem saber, foi um grande incentivador de todo meu amor pela literatura e pela minha profissão. Mesmo não tendo posses ele trazia para casa os livros que encontrava na rua e contava muitas histórias para mim”, relembra a professora.

Esse amor deu frutos e em 2017 com o projeto “Vou contar uma história pra tu, Mirtes foi à grande vencedora da 10ª Edição do Prêmio Professores do Brasil, região Nordeste na categoria Educação Infantil: Creche. O projeto de leitura, que tinha como objetivo estimular o gosto pela leitura das crianças, não só transformou a vida dos pequenos estudantes, mas também de seus familiares, com pais voltando à sala de aula após anos.

“As crianças são minha grande fonte de inspiração, pela energia e alegria e me ensinam diariamente a ver o mundo de outra forma”.