Rádio Escola

imagem de Bella

 

Na busca por explorar as diversas linguagens através das novas tecnologias, a Secretaria de Educação do Recife começou a desenvolver, em 2016, o Projeto Rádio Escola Recife. O objetivo é ampliar o conhecimento cultural sobre a linguagem musical, fazendo com que os estudantes tenham a chance não só de pesquisar, mas também de divulgar a história da música.

O projeto Rádio Escola Recife proporciona aos alunos a participação ativa no cotidiano da escola, com a elaboração de programações que devem estar ao alcance de toda a comunidade escolar. Além do kit de som específicos para rádio, que inclui mesa de som, amplificador, caixas de som e microfone, os estudantes usam a tecnologia dos tablets concedidos pela Prefeitura do Recife como um instrumento a mais para trabalhar em prol de uma programação diversificada.

Os alunos, que são os verdadeiros protagonistas do projeto, podem investir na inventividade ao usar programas de gravação e edição de sons que são capazes de levar as crianças e adolescentes a um mundo de possibilidades na criação radiofônica, incluindo a elaboração de reportagens e a criação de músicas, jingles e propagandas para objetivos pedagógicos.

Essa proposta vem a complementar o sentido mais amplo do rádio quando permite e exige do estudante uma preparação quanto a sua arte na locução, na organização da programação, na liberdade de propor temas musicais que reportem a momentos importantes da história remota ou da atualidade. Outro tipo de linguagem a ser utilizada pode ser a da rádio novela, onde se quer unir a tecnologia do rádio e dos podcasts com o gênero literário e ainda com a arte teatral na imitação de vozes e efeitos sonoros. Tudo isso, já pode ser encontrado na página do projeto (https://soundcloud.com/r-dio-escola-recife).

Atualmente, as escolas da rede municipal de ensino do Recife ainda não seguem um modelo de programação que contemple a proposta do projeto, a não ser em escolas de arte como a João Pernambuco, no bairro da Várzea. Outra escola que possui o aparato tecnológico é a Escola Municipal Rodolfo Aureliano, também na Várzea. Lá, a rádio faz uma programação nos momentos de intervalo das aulas, conseguindo uma maior interação entre todos os estudantes.

Já a Escola Municipal Nossa Senhora do Pilar está iniciando uma parceria com o Programa Saúde na Escola (PSE) para utilizar a rádio escolar como meio de divulgação de campanhas e de propagandas radiofônicas para os moradores da comunidade, além de divulgação do trabalho deles dentro da unidade de ensino. Esse trabalho se ampliará para outras escolas que tenham o PSE e a Rádio de Pátio, e ainda mais quando houver o início da utilização da Web Rádio. Os estudantes do 1º ao 5º ano terão o apoio dos professores na produção de propagandas e jingles que promovam o trabalho de saúde a partir da escola.

Para o ano letivo de 2016, a equipe do Rádio Escola Recife iniciou as formações junto às escolas que já possuem um kit de som, dando orientações sobre montagem e funcionamento da rádio, história do rádio, softwares que podem ser usados durante a execução do projeto e produção textual para os locutores dos programas. Ainda este ano, no mês de outubro, será realizado I Desafio Hip Hop da rede municipal de ensino do Recife, onde os estudantes poderão fazer mixagens, batidas e refrãos improvisados.